Desativar para: inglês

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Como são formadas as pedras nos rins


Correspondem ao acúmulo de cristais que em alguns casos, podem passar sem ser notados e, em outros, provocar dor muito forte, que se inicia nas costas e se irradia para o abdômen em direção à região inguinal. Nos picos da dor, ela pode chegar a causar náusea e vômito na pessoa que está sofrendo das dores.

“De onde vem as pedras nos rins?” Os cálculos renais são conhecidos popularmente como pedras nos rins. São formações endurecidas que se formam nos rins ou nas vias urinárias, resultantes do acúmulo de cristais que existem na urina.

As pedras nos rins são formadas quando a urina apresenta quantidades maiores que o normal de determinadas substâncias, como cálcio, oxalato e ácido úrico. Essas substâncias podem se aglutinar e formar pequenos cristais – que, depois, se transformarão em pedras. Muitas vezes essa quantidade anormal de determinada substância se deve ao hábito alimentar do indivíduo.

Tomar de 2 a 3 litros de água por dia, ajuda a eliminar as pedras ainda pequenas na urina, além de servir de método de precaução para que não se formem as pedras. Além disso o cuidado com alimentos ricos em oxalato (como a batata doce e o chocolate), é necessário para a prevenção e a não formação dos cálculos. A redução do sal e proteína das refeições também contribui para evitar as pedras e as dores por ela causada.

Os médicos receitam analgésicos e anti-inflamatórios potentes para aliviar a dor, enquanto a pedra ainda está incomodando o paciente. É muito importante ir ao médico logo que a dor surgir ou sentir algum outro sintoma de cálculo renal como urina com sangue e infecções urinárias.


Os tratamentos para pedra nos rins podem ser variados: 

- Alguns medicamentos podem ser indicados apenas pelo médico, que levará em conta a causa da formação da pedra nos rins. E durante as crises, indica-se o uso de analgésicos e anti-inflamatórios fortes para aliviar a dor, que costuma ser excessivamente forte, podendo chegar a insuportável.


- Há também a Litotripsia, o bombardeamento da pedra nos rins por ondas de choque. O procedimento tem por objetivo a fragmentação do cálculo o que facilita sua eliminação pela urina.
 
- Com cirurgia percutânea, ou endoscópica, pedra nos rins pode ser retirada dos rins sem ser fragmentada
 
- A ureteroscopia, que acontece por via endoscópica, permite retirar cálculos localizados no ureter.


           

-->

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...