Desativar para: inglês

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Curiosidades sobre lagartixas. Lagartixinha grande sai de um ovinho


As lagartixas têm facilidade para subir em qualquer lugar. Isso porque elas possuem uma espécie de pequenas laminas cobertas por pêlos microscópicos em forma de ganchos e são esses pêlos permitem a esses animais escalar muros, vidros de janelas e andar pelo teto de cabeça para baixo.






-->

É comum que as lagartixas se instalem em nossas casas, mas isso é bom, pois se alimentam de insetos daninhos, como as traças, 
besouros, formigas e mosquitos. São animais frágeis, de coloração bege clara e olhos escuros. 

Na natureza vivem geralmente em árvores.

Originárias da África, vivem em todas as zonas temperadas e quentes do mundo.

Os principais predadores das lagartixas são as serpentes (cobras) e os gatos domésticos.

Se se sentem em perigo, deixam a cauda para trás para enganar o predador.
Depois a cauda cresce novamente.

Os animais de sangue frio que precisam aquecer-se ao sol, até mesmo os que têm coloração e textura elaboradas, podem ser traídos pela claridade da sombra que projetam. 

A lagartixa é um réptil porque possui respiração estritamente pulmonar, sua circulação é fechada, dupla e completa, possui pele seca e recoberta por escamas. É pecilotérmica e o sistema digestivo é completo.

Pata de lagartixa
O que permite às lagartixas desafiar a lei da gravidade e correr no teto da casa são as mesmas forças que atuam em ligações químicas. Chamadas forças de Van der Waals, elas são responsáveis pela atração entre certas moléculas, como as do carbono, no grafite, e as dos gases em geral. Sob certas condições essas moléculas trocam elétrons e se atraem.

Um grupo de pesquisadores americanos descobriu que o animal é capaz de criar uma interação atômica temporária com a parede graças a estruturas microscópicas existentes na sua pata conhecidas como setas.

Cada seta tem uma ponta em forma de brócolis onde se localizam entre 400 e 1 000 espátulas de meio milésimo de milímetro cada uma. São essas pontas que trocam elétrons com paredes ou outras superfícies lisas.

A força criada pelo contato é equivalente a dez vezes a pressão do ar o suficiente para entortar um arame. Elas fazem isso de uma maneira limpa, sem nenhum tipo de substância pegajosa.

Essa descoberta ajudou os engenheiros a desenvolverem novos tipos de adesivos.


Conheça também o calango, que é também é conhecido como lagartixa do mato.

A reprodução da lagartixa  é ovípara. Geralmente, as fêmeas põe entre 1 ou 2 ovos e guardam em cascas de árvores ou fendas em pedras. Existem mais de 400 espécies de lagartixas nas regiões quentes do mundo.

Lagartixa saindo do ovo: lagartixa grande sai de um ovinho

                    


           

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...