Desativar para: inglês

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Cobra coral verdadeira e falsa diferenciando

Para distinguir uma cobra venenosa de uma não venenosa é necessário verificar vários aspectos como a cauda, formato da cabeça, formato da pupila, das escamas, das cores e do tipo de dentição. 

O maior exemplo de confusão entre as cobras é a cobra-coral. Existe uma espécie peçonhenta e outra não peçonhenta.








Coral-verdadeira
A segunda e mais marcante diferença está na sequência de anéis. Na coral verdadeira a cor vermelha não se encontra com a cor preta, tendo sempre um anel branco ou amarelo (dependendo da espécie) entre as duas cores, como na imagem abaixo:




Na falsa coral a cor vermelha se encontra com a cor preta, como no imagem abaixo:


A terceira maneira de diferenciá-las é a través da dentição do animal. De uma maneira geral as cobras venenosas possuem uma cabeça triangular, as cores são vermelho, preto, branco e amarelado, com o corpo em anéis, com faceta L’Oréal (órgão para detectar presas) e uma pupila em formato de fenda vertical. As não venenosas, possuem uma cabeça arredondada com uma coloração viva e brilhante. Os dentes são serrilhados, a pupila com formato arredondado e as escamas são lisas.






Existe um antigo ditado para distinguir uma coral verdadeira da coral falsa: “Vermelho com amarelo ou branco perto, fique esperto. Vermelho com preto ligado, pode ficar sossegado” .







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...